• segunda-feira , 1 junho 2020

Isolamento é defendido por mais de 90 entidades

Noventa e duas entidades do Rio Grande do Sul, entre universidades, associações, sindicatos, conselhos e associações, assinaram ontem manifestação de apoio às orientações de isolamento social da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde no combate ao novo coronavírus. O grupo enfatizoua“manutenção do isolamento social como fundamental medida para o enfrentamento à Covid-19”.

Entre os principais líderes mundiais, apenas o presidente Jair Bolsonaro mantém o discurso de que é preciso reduzir as medidas de restrição. A nota salienta que “é necessário respeitar todas as recomendações técnicas pelos próximos dias para analisar o crescimento da curva no Brasil e o impacto das medidas já adotadas. Para isso, é imperativo intensificar as estratégias de isolamento para conter o aumento da pandemia, assim como garantir tempo para organização e redimensionamento do nosso sistema de saúde”.

A carta salienta a falta de equipamentos de proteção individual para as instituições de saúde de vários municípios do Rio Grande do Sul. “Precisamos da firmeza das autoridades das esferas municipais, estadual e federal para manter o comércio fechado e as aulas suspensas. Mesmo os serviços reconhecidos legalmente como essenciais, e que precisam seguir em atividade, devem atender meticulosamente a todas as orientações de prevenção e proteção.”

 

veja a carta:

NOTA CONJUNTA ISOLAMENTO FINAL -FIM

Relacionados