• segunda-feira , 22 julho 2019

Toma posse a presidente da Adpergs

Entre os desafios para o biênio, está o de atuar para aumentar a presença da Defensoria Pública no Estado

Reeleita no dia 14 de junho para o comando da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio Grande do Sul (Adpergs), a defensora Juliana Coelho de Lavigne, vice-presidente da União Gaúcha, tomou posse nesta segunda-feira. Presidente da entidade na gestão anterior, ela seguirá no cargo até 2021. Entre os desafios que se impuseram para o próximo biênio, está o de atuar para aumentar a presença da Defensoria Pública no Estado. Hoje, o órgão está presente em 156 das 165 comarcas do Rio Grande do Sul, mas objetivo é de também chegar às comarcas que ainda não têm atendimento. Assim, a ideia é conseguir aprovar os projetos para a criação de novas unidades da Defensoria no Rio Grande do Sul.

“Precisamos estar em todas as comarcas. Para isso vamos trabalhar para aprovar os projetos de criação de defensorias.” Propostas para instalar a estrutura da Defensoria Pública em outras comarcas já tramitam na Assembleia Legislativa. Além disso, a defensora espera que as 31 cidades que são atendidas por defensores de fora do município passem a ter um profissional atuando no local, e não viajando periodicamente como acontece atualmente. Mestre em Ciências Criminais, Juliana está na carreira de defensora há 17 anos.

Para ela, a função que o órgão cumpre é fundamental à sociedade. “É uma instituição imprescindível em um país de desigualdade social como o nosso. Quando conseguimos atender a uma pessoa em vulnerabilidade social é uma gratificação enorme.” Durante a posse, a presidente da Adpergs ressaltou o trabalho de conscientização junto ao Poder Público para ampliar o atendimento. “Cada vez mais temos apresentado para os poderes a importância da Defensoria Pública como defensora do Estado Democrático.”

Na avaliação dela, com esse trabalho, a sociedade tem entendido melhor o trabalho da Defensoria, que completou 25 anos de existência no RS no mês de maio. Juliana concorreu à presidência da Adpergs em chapa única, formada por mais oito componentes, e recebeu 277 votos dos 323 associados que participaram do pleito. Ao falar sobre a gestão, ela apontou a manutenção do que foi feito no mandato anterior, além de buscar a integração dos associados. “Vamos dar continuidade ao nosso processo de gestão participativa, chamando os colegas a participarem e contribuírem com a nossa gestão.”

 

Fonte: Correio do Povo

Relacionados