• quarta-feira , 20 março 2019

Entidade revela preocupação

 

 

O presidente da União Gaúcha pela Defesa da Previdência Social e Pública, Cláudio Martinewski, qualificou a proposta de Reforma da Previdência como “preocupante” e disse que o governo parece ter confundido a pauta. “Não tem características de reforma estrutural previdenciária.
Pelo contrário, parece muito mais proposta de ajuste fiscal. Vai empobrecer ainda mais a população, como ocorreu
com as reformas desastrosas no Chile e no Peru”, apontou. Martinewski também criticou e elevação das exigências para a aquisição da aposentadoria, com aumento da idade mínima e  do período de contribuição, além da alteração no modelo de cálculo, o que irá, segundo ele, reduzir valores alcançados pelos aposentados.
“Exigir 40 anos de contribuição para atingir o teto é uma verdadeira utopia em um país com alto índice de desemprego em sua história, onde os contratos de trabalho se desfazem sem justo motivo e a cada crise os
empresários não hesitam em dispensar seus empregados”, disse.
Martinewski comentou que acredita que a viabilidade política da proposta, sem alterações, irá esbarrar em mobilização popular no país.

 

15507192546335 (2)

Fonte: Correio do Povo – pg 5

Relacionados