• quarta-feira , 20 junho 2018

União Gaúcha protocola Emenda à LDO requerendo perdas inflacionárias dos servidores

Foi protocolada na sexta-feira (08), na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle da Assembleia Legislativa, a Emenda proposta pela União Gaúcha à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que vai definir o exercício econômico-financeiro de 2019 do Estado. No documento, elaborado pelo vice-presidente da entidade, Ives Leite Lucas, e pelo membro do Conselho Deliberativo, Filipe Leiria, a UG requer o acréscimo de 29,16% de correção nos vencimentos dos servidores do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública. A correção prevê a reposição inflacionária do período de maio de 2015 a abril de 2018.

O presidente da União Gaúcha, desembargador Cláudio Martinewski, considera que a entidade está fazendo sua parte ao requerer um direito constitucional dos servidores, e que o próximo passo é convidar o presidente da comissão, deputado Luis Augusto Lara (PTB), para conversar sobre o tema com o conselho da UG. “Vamos convidar o deputado para participar de uma reunião conosco para que possamos apresentar mais detalhadamente nosso pleito e ouvir do parlamentar seu posicionamento a respeito do assunto”, declarou. “Nosso requerimento é justo, não apenas por ser um direito assegurado pela Constituição do Estado, mas também por que acumulamos perdas nos últimos quatro anos”, finalizou.

Relacionados