• quarta-feira , 12 dezembro 2018

União Gaúcha apresentará Emenda ao PL da LDO 2019

Na reunião semanal da União Gaúcha, realizada na manhã desta segunda-feira (04), foi deliberado, por unanimidade, a apresentação de uma Emenda ao PL 80/2018, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária para o exercício econômico-financeiro de 2019. Os dirigentes querem garantir, através da Emenda, a reposição das perdas inflacionárias quanto aos vencimentos dos servidores. Pelo texto original do PL, estão previstos apenas o crescimento vegetativo.

“A Constituição Estadual, em seu artigo 33, assegura que o índice de reajuste dos vencimentos dos servidores não pode ser inferior ao necessário para repor seu poder aquisitivo. Já acumulamos perdas nos últimos quatro anos, obtendo apenas o crescimento vegetativo da folha, sem qualquer reajuste”, destacou o presidente da UG, desembargador Cláudio Martinewski. O vice-presidente da UG, Ives Leite Lucas, e o membro do Conselho Deliberativo da entidade, Filipe Leiria, redigirão a Emenda, que deverá ser apresentada ao conselho na próxima segunda-feira (11).

Relatório de gestão do IPE-PREV

O diretor de Benefícios e diretor interino de Investimentos do IPE-Prev, Ari Lovera, apresentou o Relatório de Gestão de 2017, destacando dados e informações sobre o quadro de servidores; planos, gênero e faixa etária dos segurados e pensionistas, bem como números relacionados ao patrimônio, rendimentos e investimentos dos fundos previdenciários. Atualmente, o IPE-Saúde possui 1.015.284 beneficiários, 408.016 dependentes e 385.150 segurados. São 177.171 no Plano de Assistência Médica Complementar. No ano de 2017, os Fundos Previdenciários obtiveram um rendimento de R$ 121,4 milhões, sendo  22.250 mil a mais que o ano anterior. Na próxima semana, o diretor de IPE-Prev irá apresentar os projetos para 2018.

Veja a íntegra do relatório aqui.

Relacionados