• terça-feira , 12 dezembro 2017

“A Reforma da Previdência não tem nada de “desidratada”, afirma presidente da União Gaúcha

 

27112Os representantes das entidades que integram a União Gaúcha debateram na reunião desta segunda-feira (27), a reforma da previdência, que tramita no Congresso Nacional. O presidente da União Gaúcha e da Ajuris, Gilberto Schäfer, foi categórico: “A Reforma da Previdência não tem nada de desidratada. Continua com os mesmos problemas de transposição de regimes, do aumento de idade, de uma regra de transição inadequada. Todas as questões que criticamos, continuam.”

Para a União Gaúcha, a PEC da Previdência agride a democracia. “Além dos problemas que apontamos, essa proposta foi imposta sem qualquer debate junto a entidades, sociedade civil, poderes; e a isso se soma a falta de transparência sobre os números da Previdência, o que causa muito desconforto e desconfiança sobre essa reforma, considerando que as alterações propostas não favorecem a sociedade”, concluiu Schäfer.

Os dirigentes ainda deram seguimento às discussões sobre a reestruturação do IPERGS e sobre o PLC 193, aprovado na Assembleia Legislativa no último dia 31, e que estabelece parâmetros de indenização aos servidores ativos, inativos e pensionistas pelo atraso no pagamento dos salários.

 

Texto: Camila Cabrera

Edição: Gilvânia Banker

GE7 Produtora & Comunicação Ltda.

 

Relacionados