• sábado , 22 julho 2017

União Gaúcha apoia evento Diálogo em Diretos Humanos

Com o objetivo de discutir os rumos do cenário político brasileiro, o Departamento de Direitos Humanos da AJURIS promove no dia 21 de junho (quarta-feira), às 14h30min, o painel A política ainda é possível?. Para debater o tema, estarão presentes os ex-governadores do Rio Grande do Sul Germano Rigotto (PMDB) e Tarso Genro (PT), além do cientista político e professor do Departamento de Ciência Política da UFRGS, André Marenco. O juiz de Direito João Ricardo dos Santos Costa,  ex-presidente da AJURIS e da AMB, será o debatedor do painel. O evento, aberto ao público, será realizado no Auditório Márcio Oliveira Puggina, da Escola da AJURIS (Rua Celeste Gobbato, 229).

Para se inscrever clique aqui ou bit.ly/DH-politica

Com ampla experiência política, os convidados terão o desafio de traçar as perspectivas e desafios políticos de um dos momentos mais conturbados da história recente do país. Com mais de 40 anos de atuação em cargos públicos, o peemedebista Germano Rigotto já atuou como deputado estadual e federal e também esteve à frente do governo gaúcho durante a gestão 2003/2006. Tarso Genro, por sua vez, começou a carreira política em 1968. O petista foi duas vezes prefeito de Porto Alegre, ministro da Educação, das Relações Institucionais e da Justiça durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011) e em 2011 assumiu o governo do Rio Grande do Sul.

André Marenco é doutor em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde também atua como professor titular. Na sua linha de pesquisa, destacam-se trabalhos sobre instituições políticas comparadas, reforma política, burocracias e políticas públicas. O debate será transmitido ao vivo pela Radioweb AJURIS, através do link eaudioweb.com.br/ajuris/ e também pela página da Associação no Facebook.

O painel A política ainda é possível? é o terceiro módulo do projeto Diálogos em Direitos Humanos, promovido pelo Departamento de Direitos Humanos da AJURIS. Em abril, o evento debateu o tema Direitos Humanos & Previdência e destacou os impactos da proposta de reforma previdenciária aos direitos fundamentais garantidos pela Constituição Federal. No mês de maio, o painel Direitos Humanos e (In)segurança Pública reuniu especialistas na área para discutir as causas, consequências e perspectivas acerca da situação de violência vivido pela população brasileira.

O projeto conta com apoio da Escola da AJURIS, da Universidade LaSalle, do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas da UFRGS, da União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública, Associação do Ministério Público (AMP/RS), Associação dos Defensores Públicos (Adpergs), Associação dos Procuradores do Estado do RS (Apergs), Associação dos Fiscais de Tributos Estaduais do RS (Afisvec), Associação dos Servidores da Justiça do RS (ASJ), Sindicato de Auditores Públicos Externos do Tribunal de Contas do Estado/RS (Ceape/Sindicato), Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Tributária do RS (Sindifisco-RS), Sindicato dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas do Estado do RS (Sinapers).

Relacionados